REGRESSO AO ADMIRÁVEL MUNDO NOVO

Por Juan Ricthelly


Embora a obra mais conhecida do autor seja ADMIRÁVEL MUNDO NOVO, uma distopia futurística publicada em 1932, que falava em manipulação genética, reprodução humana in vitro, treinamento comportamental, táxis aéreos... e outras coisas, que hoje são realidade.


Admirável Mundo Novo inspirou Zé Ramalho ao compor Admirável Gado Novo e Pitty com a canção Admirável Chip Novo, sendo considerado um clássico da literatura distópica mundial.


É uma obra tão fascinante e intrigante que levou o autor a escrever uma análise do seu próprio livro em 1958, onde pontua questões que poderiam vir a se materializar no futuro, de forma bastante abrangente e tocando problemas que o rumo apontado pela humanidade naquele momento indicava, como a superpopulação e meios de comunicação a serviço de ditaduras e manipulação das massas.


É uma leitura leve e fluída, fundamental para analisar a realidade em perspectiva, podendo nos levar a refletir sobre os aspectos distópicos da nossa realidade.


#livros#leitura#aldoushuxley




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo